Repelente na gravidez: protege mesmo? - Clínica Conceptus

Repelente na gravidez: protege mesmo?

Publicado em 8 de janeiro de 2016 com 0 comentários

Para se proteger das picadas de mosquitos, a melhor saída mesmo é combater os focos do mosquito. Porém, algumas outras atitudes também podem contribuir na prevenção.

proteção mosquitos gravidez

Como se proteger dos vírus transmitidos por insetos?

Como ainda não existe vacina para todos os vírus, como o zica, mulheres grávidas podem se proteger aplicando repelente e usando roupas claras, que ofuscam a presença do mosquito. Por precaução, também é fundamental fazer o uso de preservativos nas relações sexuais.

Quais repelentes podem ser usados na gravidez?

Para saber quais repelentes podem ser usados por gestantes e crianças, é essencial verificar a concentração de DEET (dietiltoluamida). Os repelentes que contêm concentração de DEET entre 10% e 50% podem ser utilizados por grávidas. Porém, crianças de 6 meses a 12 anos não devem usar repelentes com concentração de DEET acima de 10%. Os que contêm ircaridina também estão liberados para gestantes e para bebês acima de 2 anos. Repelentes naturais, como citronela e andiroba, não têm contraindicações, mas não possuem eficácia comprovada.

repelente gravidez

Como o repelente deve ser aplicado?

Como alguns cosméticos são proibidos durante a gestação, muitas futuras mamães possuem dúvidas sobre quais repelentes podem usar e como aplicá-los da melhor forma. Então resolvemos ajudar com algumas dicas. É importante aplicar na pele exposta e por cima das roupas (nunca por baixo); não aplicar próximo aos olhos, nariz ou boca; o repelente deve ser o último produto a ser aplicado na pele.

Repelente é suficiente para afastar os mosquitos?

O repelente industrial é o meio de combate mais eficaz, porém também existem outros meios que podem ajudar. O ideal é adotar um conjunto de medidas, como: evitar focos de mosquito em sua casa, usar roupas que deixem o corpo menos exposto, usar repelentes de tomada, colocar mosquiteiro em berço e também tela nas janelas.

repelente-gestação

Atenção:

Vale lembrar que também é importante respeitar o intervalo para reaplicar o produto. Por exemplo, os que contêm Iracadina devem ser reaplicados a cada 10 horas e os que contêm DEET (15%) a cada 6 horas.

Se você gostou das nossas dicas, aproveite para compartilhar e ajudar outra gestante também. E continue conferindo posts como esse na nossa FanPage (facebook.com/conceptusreproducaoassistida) e no nosso Instagram (@clinicaconceptus).

Preencha os dados abaixo para receber informações sobre os serviços da Clínica Conceptus.





Tags: cuidados, dicas, gestação, gravidez, maternidade, mosquitos, prevenção, repelente, vírus

Deixe seu comentário