Fertilidade feminina: o que pode prejudicá-la? - Clínica Conceptus
fertilidade-feminina

Fertilidade feminina: o que pode prejudicá-la?

Publicado em 10 de maio de 2016 com 0 comentários

Por diversos motivos muitas mulheres decidem adiar o sonho da maternidade. O lado negativo dessa decisão é que a fertilidade feminina é prejudicada pela idade. Para saber quais são os outros fatores que podem influenciar nisso e o que fazer para não deixar de lado esse sonho tão especial, é só continuar lendo esse post.

Relação da idade e fertilidade da mulher

A idade afeta a fertilidade tanto das mulheres quanto dos homens, mas ainda mais a das mulheres. Enquanto por volta dos 25 anos, há grande possibilidade de engravidar, a fertilidade começa a cair drasticamente por volta dos 35 anos. Inclusive pesquisas demonstram que aos 35 anos, a fertilidade feminina cai para a metade do que era aos 25.

infertilidade-feminina

Fonte: Management of the Infertile Woman, de Helen A. Carcio, e The Fertility Sourcebook, de M. Sara Rosenthal

Quais outros fatores podem afetar a fertilidade?

Além da idade, alguns outros fatores também podem influenciar, como: doenças que prejudicam o sistema reprodutivo (endometriose, síndrome dos ovários policísticos e a clamídia), doenças crônicas, alimentação não balanceada (que pode gerar tanto obesidade quanto desnutrição), tabagismo, sedentarismo e estresse.

fertilidade-mulher

Atenção

É fundamental cuidar bem da saúde, fazer exames que permitam saber como está o seu potencial reprodutivo e verificar se há menopausa precoce no histórico da família. Caso não haja planos para engravidar até os 35 anos de idade, ou caso seja preciso fazer tratamentos oncológicos, é recomendável realizar o procedimento de congelamento de óvulos para preservar o sonho de ser mãe. O congelamento de óvulos preserva a qualidade destes e pode ser uma ótima solução por temo indeterminado. Para saber mais sobre esse serviço, é só clicar aqui. :)

 

Tags: congelamento de óvulos, fertilidade, fertilidade feminina, gravidez, maternidade

Deixe seu comentário