A gravidez e os cuidados com animais de estimação - Clínica Conceptus

A gravidez e os cuidados com animais de estimação

Publicado em 15 de março de 2017 com 0 comentários

Muitas mulheres que criam bichinhos de estimação ficam preocupadas quando recebem o exame positivo de gravidez e acreditam que terão que se livrar de seu pet. Calma! Não precisa ser tão radical. Ter animais de estimação durante a gravidez pode sim, desde que sejam tomados os devidos cuidados. Afinal, o amor incondicional dos seus bichinhos só vai fazer o bem para a família que está aumentando.

Em primeiro lugar, esteja sempre com sua carteirinha de vacinação em dias. Consulte o médico ginecologista e faça todos os exames para se certificar que a sua saúde está em perfeito estado.

Estando com a sua saúde verificada, certifique-se também a do seu mascote. Animais domésticos devidamente vacinados e que só se alimentam de comidas cozidas ou ração própria, raramente representam risco à família.

Os cuidados maiores devem ser com a urina e as fezes do seu animal de estimação. É importante delegar a limpeza para uma outra pessoa ou, caso você tenha que fazer o serviço, use luvas descartáveis e lave bem as mãos com água e sabão.

Outro cuidado importante é com as “brincadeiras” do seu bichinho. Se ele tiver o hábito de pular em você quando é chamado ou quando quer matar a saudade depois de um período sem o seu dono em casa, peça para seu companheiro ou alguém acalmá-lo antes de entrar, ou seja mais sutil ao chamá-lo para dar-lhe carinho.

Evite, principalmente, que ele pule em sua barriga ou lhe empurre, causando algum tipo de acidente enquanto estiver grávida.

Após o nascimento, tome cuidado com os primeiros contatos. Evite que o mascote e o bebê fiquem sozinhos no mesmo ambiente, pois o animalzinho pode fazer algum movimento brusco, que é natural de seu instinto, e isso pode acabar causando algum machucado no recém-nascido.

Também não permita lambidas, principalmente no rosto, pelo menos até seu filho ter tomado todas as vacinas necessárias dos primeiros meses de vida, e não exponha o alimento da criança ao alcance dos animais.

Caso você tenha dificuldades em educar seu bichinho, recorra ao veterinário ou a um adestrador de animais sobre como proceder para que não haja problemas entre o novo membro da família e o seu querido animal de estimação.

Tomados todos os devidos cuidados, os animais certamente serão bons companheiros não só durante toda a gravidez, mas também após o nascimento do bebê.

Preencha os dados abaixo para receber informações sobre os serviços da Clínica Conceptus.





Tags: animais, animais de estimação, animais domésticos, bichinho de estimação, cuidados, gestação, grávida, gravidez, mãe, mascote, maternidade, pet, recém nascido

Deixe seu comentário