Vacina contra a febre amarela: conheça os grupos que não devem tomar 

Vacina contra a febre amarela: conheça os grupos que não devem tomar

Publicado em 19 de Janeiro de 2018 com 0 comentários

De acordo com Ministério da Saúde, o país está vivendo a maior epidemia de febre amarela dos últimos anos, por isso o governo federal deu início à uma campanha de vacinação de emergência, com o intuito de oferecer a vacina contra a febre amarela e proteger cerca de milhões de pessoas nos principais estados em que há um maior número de casos da doença.

Mas afinal, quem não pode tomar a vacina contra a febre amarela? Quais as contraindicações?

 1. Imunossupressão: Esta é principal contraindicação. Isso significa que as pessoas que por alguma razão estejam com o sistema imunológico comprometido por quaisquer doenças ativas que cursem com imunossupressão e/ou pelo uso de quaisquer medicamentos que levem à imunodepressão – como quimioterápicos ou corticoides em altas doses –  não devem receber a vacina. 

 

vacina-febre-amarela

 

2. Gestantes: APENAS as gestantes que moram em área de extremo risco, localizadas em 75 municípios do Brasil, devem tomar a vacina contra a febre amarela. Não há orientação para vacinar as gestantes que NÃO residem nestas áreas.

3. Alergia grave ao ovo: Pessoas que tem alergia importante e grave ao ovo não devem receber a vacina. 

4. Bebês com menos de 6 meses de idade: O vírus da vacina pode causar problemas neurológicos nos bebês pequenos. As mães que amamentam bebês com menos de 6 meses de idade também NÃO devem receber a vacina, a não ser em situações de risco muito específicas, uma vez que depois da vacina estas mães devem ficar pelo menos 10 dias sem amamentar.

Infelizmente o leite deste período deve ser desprezado. Por isso, recomenda-se que mães lactantes de bebês com menos  de 6 meses sejam individualmente avaliadas para que se possa ponderar o risco e o benefício da vacina ante a interrupção da amamentação.

De modo geral, a melhor indicação para esse grupo é evitar as picadas de mosquitos utilizando roupas que protejam a pele do mosquito, repelentes, mosquiteiros e se possível, buscar telas anti mosquitos para os cômodos da casa também.

 

Entenda o que é a febre amarela

A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por mosquitos em áreas urbanas ou silvestres.

Geralmente quem adquire este vírus não chega a apresentar sintomas ou são muito fracos.

As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias.

Para qualquer sintomas da febre amarela, o recomendável é procurar o auxílio de médico com urgência e até mesmo prevenir-se do mosquito e proteger-se de picadas.

 

_

Gostou desse artigo? Então compartilhe com os amigos!

A Clínica Conceptus é pioneira em reprodução assistida no Ceará. Para saber sobre nossos serviços entre em contato conosco: (85) 3261.0011 – WhatsApp: (85) 99935-0031
E-mail: conceptus@clinicaconceptus.com.br

Preencha os dados abaixo para receber informações sobre os serviços da Clínica Conceptus.





Tags: amamentação, febre, febre amarela, gestantes, grávidas, prevenção, prevenção de doenças, vacina

Deixe seu comentário